CDDH realiza seminário de Promoção da Vida e Prevenção ao Suicídio e Autolesão

O Centro de Defesa de Direitos Humanos realizou, em parceria com o município de Campo Bom, no dia 23 de setembro, o Seminário Regional de Promoção da Vida e Prevenção ao Suicídio e Autolesão, reunindo diversos técnicos das áreas de assistência, saúde, vigilâncias e educação de diversos municípios da região. O evento foi em alusão ao Setembro Amarelo, mês da conscientização e prevenção ao suicídio e fez parte das ações do projeto Articulando Redes de Proteção, apoiado pelo Criança Esperança.

Durante a atividade Andrea Novo Volkmer, Coordenadora do Núcleo de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (NVDANT/CEVS) e do Comitê Estadual de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, trouxe dados quantitativos do suicídio no Brasil e no mundo, além de fazer a apresentação do Guia Intersetorial de Prevenção do Comportamento Suicida em Crianças e Adolescentes

O Médico de Família e Comunidade, Coordenador Médico da Secretaria Municipal de Saúde de Osório e Integrante do Comitê Municipal de Promoção à Vida, Prevenção e Pósvenção ao Comportamento Suicida e Autolesivo, André Luís Bendl, fez apresentação focado na Autolesão na adolescência: prevenção e pósvenção. Manuela Santo, Especialista em Saúde da Criança através do Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde da Criança - Violência e Vulnerabilidades, psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial de Guaíba, abordou a Autolesão e os desafios da prática de atendimento.

O Centro de Defesa de Direitos Humanos é uma parceria entre o Círculo Operário Leopoldense – COL e Proame Cedeca