Notícias

O que é a ansiedade e como ela se diferencia da depressão

04-05-22 | Sem categoria | admin |

*Por Vanessa Cristina Conzi Troleiz, psicóloga do Proame Cedeca

A ansiedade faz parte da natureza humana, é capaz de nos alertar sobre uma situação de perigo ou ameaça e funciona como um mecanismo para a sobrevivência. Também, a ansiedade traz consigo o medo e o temor de algo desconhecido e isso causa desconforto. Portanto, se a sua ansiedade é um frio na barriga, um alerta saudável em que não te prejudique nas suas tomadas de decisões, tudo bem é o seu instinto de sobrevivência exercendo sua função. Agora, se você se sente ansioso a todo o momento, CUIDADO, é um sintoma importante para que você busque ajuda profissional.

Proame lança campanha sobre cuidados com a saúde mental ❤

O Transtorno de Ansiedade faz com que você se sinta apreensivo constantemente, de modo que acredite que irá acontecer algo ruim a qualquer momento. Essa sensação é tão ruim que fica difícil de controlar e os sintomas podem aparecer: irritabilidade, inquietação, cansaço, taquicardia, medo, insônia. As preocupações geralmente são com situações da vida cotidiana, porém com o transtorno e ansiedade a sensação é de que tudo fica maior do que é realmente.

O que fazer?
• Procure ajuda profissional;
• Converse com alguém de sua confiança e diga o que está passando;
• Lembre-se de respirar – o cérebro precisa de oxigenação para conseguir pensar com clareza;
• Observe ao seu redor coisas reais: sinta o cheiro de algo, toque em alguma coisa concreta, observe as pessoas próximas a você, e lembre-se que a crise irá passar.

Depressão
Não há uma causa única para a depressão, é resultado de uma complexidade de fatores como, por exemplo: interação social, questões psicológicas e físicas, experiências traumáticas.

Entre os principais sintomas da depressão estão:
• Humor deprimido (tristeza),
• Sentimentos de angústia ou culpa,
• Perda de interesse por atividades que antes eram realizadas com prazer,
• Desânimo,
• Cansaço,
• Irritabilidade,
• Perda de energia e da capacidade de concentração,
• Isolamento,
• Distúrbio do sono,
• Mudanças na alimentação.

A depressão pode ser caracterizada como leve, moderada ou severa. Todas são importantes e precisam de cuidado profissional. Diferentemente da ansiedade, a depressão não é normal mesmo em dosagem baixa. Ela não é saudável em nenhum aspecto e só tem impactos negativos na vida do paciente. Embora as duas sejam doenças, elas não são a mesma coisa, embora possa ocorrer simultaneamente num indivíduo, condição chamada de comorbidade. Tanto o transtorno de ansiedade quanto a depressão podem paralisar o indivíduo. A ansiedade, pelo medo e angústia das situações futuras, e a depressão pela baixa do interesse e energia que o indivíduo tem pelas coisas e pessoas.

Iniciativa faz parte do projeto “É preciso falar: Não é drama e muito menos frescura”, apoiado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdedica) que busca promover oficinas temáticas com adolescentes, além de criar espaços de escuta, autoconhecimento e valorização à vida.
🗣É preciso agir para promover a saúde mental de adolescentes e jovens!

Compartilhe nas Redes